Texto por Colaborador: Redação 19/02/2024 - 13:40

Nesta terça-feira, o BVB visita o PSV Eindhoven pelas oitavas de final da Liga dos Campeões. Antes da primeira partdia, o zagueiro Niklas Süle falou à BVB-TV sobre a importância do jogo, rostos conhecidos do adversário e a jornada especial para o jogo na Liga dos Campeões.

Niklas Süle sobre o duelo das oitavas de final da Liga dos Campeões: "Estes são os jogos que são mais divertidos. Acho que falo por todos, é por isso que você queria ser jogador de futebol: Partida a noite. Refletor. Oitavas de final da Liga dos Campeões. Não há muito maior. Exceto as quartas de final, as semifinais, a final. (risos) Acho que vai ser uma ótima atmosfera lá e estamos realmente ansiosos para o jogo."

A motivação antes do jogo desta terça-feira: "Não acho que você precise de um empurrão extra nas oitavas de final da Liga dos Campeões. Se estamos a apanhar o autocarro para Eindhoven, se estamos a fazer o último treino no estádio, se estamos a jogar lá e alguém tem problemas de motivação, então está fora de lugar. E da forma como conheci a equipa e o que nos faz funcionar, vamos querer mostrar um evento a todo o vapor. Vamos ver o quão bem temos sucesso e o que sai disso no final. Mas não acho que vai falhar por falta de motivação."

A qualidade do adversário PSV: "Eles não são fortes apenas na Eredivisie holandesa no momento. Acima de tudo, progrediram na Liga dos Campeões e isso é sempre um indicativo para qualquer clube que saia na frente na fase de grupos. Todo adversário que disputa a fase de grupos da Liga dos Campeões tem qualidade e, portanto, o PSV está justamente nas oitavas de final - só por isso não será um jogo fácil. Estou muito animado com a atmosfera e o estádio, ainda não joguei lá."

Estilo de jogo do PSV Eindhoven: "O PSV tem uma equipe que gosta de ter a bola, que - tal como nós - não gosta de correr atrás deles. Nossas variedades não são tão diferentes. Acredito que podemos causar problemas ao PSV com a nossa própria posse de bola, especialmente com transições rápidas. Mas também estou convencido de que pode ir para o outro lado se Eindhoven tiver a oportunidade de mudar rapidamente. Temos que ter uma defesa decente e estar bem acordados durante todo o jogo."

Seu ex-companheiro de equipe Malik Tillmann: "Tive uma boa relação com Malik quando jogávamos juntos no Bayern de Munique. Ele treinou muitas vezes com a gente e até jogou alguns jogos com a gente. Malik tem sido um talento em ascensão com muita qualidade. Claro, ele não estava tão longe quanto agora. Tenho acompanhado um pouco do que ele tem feito no Glasgow Rangers e acho que ele deu mais um passo à frente com a mudança para o PSV. Se, ao contrário do desempenho dele naquela época, ele tiver evoluído ainda mais, teremos que cuidar bem dele na terça-feira", completou.

Sobre Luuk de Jong, atacante do PSV: "Já joguei contra ele algumas vezes e posso dizer que tipo de atacante ele é. É por isso que estou ansioso para o desafio de terça-feira."

Viajar de ônibus para o jogo da Liga dos Campeões: "Só tive uma vez na minha carreira que viajei de ônibus, que foi com o Bayern contra o Salzburg, caso contrário, sempre voei para jogos da Liga dos Campeões. No entanto, conhecemos o processo. Cada um de nós já existe há tempo suficiente, cada um de nós sabe que essas jornadas fazem parte disso e não mudam o jogo. O fator decisivo é como você aborda as coisas nos 90 minutos e como você se prepara para isso com treino, sono e tudo o que vem com isso. É por isso que a viagem não causará problemas." (Via BVB)

Categorias

Ver todas categorias

BVB está certo em manter Terzic na próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

84 pessoas já votaram