Texto por Colaborador: Redação 22/01/2023 - 23:40

O BVB venceu em um jogo louco contra o FC Augsburg. Mesmo os protagonistas realmente não sabiam o que pensar do selvagem 4:3 no final. As reações do jogo:

Nico Schlotterbeck (ao DAZN): "Houve erros individuais de ambos os lados, principalmente com os gols sofridos. Explicar o jogo é muito difícil. Tivemos muita qualidade com os atacantes, por exemplo no 4:3: A forma como o Gio passa por cima do goleiro – simplesmente ótimo... Pode-se dizer: Houve qualidade na frente e menos qualidade atrás. Não sei se devo ficar feliz com os três pontos ou chateado com os três gols sofridos. Não permitimos muito até sofrermos o primeiro gol. Eu realmente não posso explicar isso. Houve muita tensão nos treinos. Temos o jogo totalmente sob controle, entramos no vestiário 2 a 2 e não pudemos acreditar. O treinador nos elogiou porque realmente foi um bom jogo – fora a falta de concentração. O segundo tempo não foi tão bom. É por isso que estamos muito felizes por termos marcado mais um gol lá."

... no intervalo: "Estávamos um pouco incrédulos. Jude Bellingham jogou um jogo de classe mundial no primeiro tempo e continuou pressionando. Tínhamos tudo sob controle e entramos no vestiário por 2 a 2 e não podemos realmente acreditar. O treinador ficou muito calmo depois disso. Não foi tão bom no segundo tempo, então estamos felizes por termos marcado um gol a mais."

Sébastien Haller(ao DAZN): … sobre seu retorno: "Fiquei arrepiado. A recepção para mim foi incrível e nunca vou esquecer essa cena. Estou muito feliz por estar aqui e por estar de volta ao gramado. Foi muito alto e foi uma loucura este momento de experiência."

… sobre sua condição física: "Estou completamente de volta porque posso jogar com a equipe. Claro que ainda tenho que fazer algumas coisas para voltar ao meu nível de condicionamento físico. Estou feliz por estar de volta e ser capaz de jogar novamente."