Texto por Colaborador: Redação 29/01/2024 - 00:30

Niclas Füllkrug, Marcel Sabitzer, Alexander Meyer e Nico Schlotterbeck falaram sobre o jogo contra o VfL Bochum após o primeiro jogo em casa do ano. O triplo artilheiro foi o primeoro procurado após a vitória do Borussia por 3 a 1. Confira as vozes do jogo:

Niclas Füllkrug (na DAZN): “Estávamos bem preparados para a equipe do Bochum. Eles jogam um contra um em todo o campo. A grande diferença da primeira metade da temporada é que você pode se preparar para um adversário durante toda a semana e ajustar seu estilo de jogo. Na primeira parte faltou-nos muitas vezes consistência. É bom para nós somarmos estes três pontos. O gol não nos incomodou, mas queríamos não sofrer gols. Marcamos três gols e estamos felizes que esses resultados nos devolveram a autoconfiança.”

“Tivemos um ótimo início de jogo com Donny, que cobrou o pênalti. Mesmo assim, Bochum volta feliz. Muitas vezes não encontrámos o nosso companheiro no último passe. Às vezes éramos diligentes em nos aprofundar, mas não o fazíamos quando precisávamos particularmente de profundidade. Vencemos três jogos, marcamos 10 a 1 gols e nunca vacilamos – mas ainda há espaço para melhorias em algumas coisas. Dá para perceber que é bom para nós neste momento poder treinar muito e trabalhar as coisas. Depois de cada treino eu cumpro meus três pênaltis.”

Marcel Sabitzer (no DAZN): “Quando você joga contra o Bochum, você sabe o que vai conseguir. Muitas bolas longas, duelos difíceis. Resolvemos bem a situação. O autogolo obviamente joga a favor do Bochum. Sabíamos que tínhamos que sair bem do intervalo. No final é um resultado merecido. Mas foi um trabalho árduo. Fomos um pouco desleixados e não jogámos o jogo posicional como queríamos. Temos que melhorar. Mas para nós só contam as vitórias. E com três seguidos você não pode reclamar. Trabalhamos duro durante as férias de inverno. O objetivo em Dortmund é jogar de forma revigorante. Continuaremos trabalhando nisso.”

Alexander Meyer (na BVB-TV): “Foi uma boa luta. Apesar do gol madrugador, que deveria ter sido a nosso favor, tivemos dificuldades em criar mais oportunidades claras e tivemos algo mau antes do intervalo, o que foi bastante lamentável. No final, nos recompensamos com dois gols.”

Nico Schlotterbeck (na zona mista): “Fizemos um jogo decente e quase não permitimos nada. Estamos felizes com a vitória; você pode chamar isso de uma vitória trabalhista. Ainda há espaço para melhorias. Podemos ficar satisfeitos com os resultados. Marcamos dez gols e sofremos apenas um – nós mesmos fizemos isso. Podemos jogar melhor, mas pelo que li, o Bochum não esteve de mau humor nos últimos dez jogos. Temos que nos apresentar novamente na sexta-feira. Atacamos em Heidenheim e queremos voltar para casa com uma vitória.”

Categorias

Ver todas categorias

BVB está certo em manter Terzic na próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

567 pessoas já votaram