Texto por Colaborador: Redação 21/01/2024 - 01:00

Os jogadores Gregor Kobel, Ian Maatsen e Niclas Füllkrug falaram após a vitória em Colônia. Confira os principais momentos:

Gregor Kobel (na zona mista): “Temos uma atitude muito boa no que diz respeito à defesa. Às vezes me irritou porque muita gente fazia ginástica na minha frente. Eles bloquearam muito. Também tivemos um pouco de sorte. Tive que intervir pouco depois do intervalo. Certamente pode melhorar, ainda não chegamos onde gostaríamos. Podemos parecer ainda mais dominantes. Tivemos momentos muito bons com a bola e jogámos bem na defesa. Ian (Maatsen, editor) faz isso de maneira notável. Ele sempre quer ter a bola. Ele faz isso de maneira muito inteligente, inclusive na forma como se posiciona. Ele sempre encontra as soluções certas com a bola. Ele realmente quer ganhar jogos.”

Ian Maatsen (na zona mista): “A nossa exibição foi boa, marcámos quatro gols. Estou feliz por estar aqui. E gosto de estar atento com frequência. (Antes do 2 a 0, ed.) Reagi bem, recuperei a bola e vi que tinha muito espaço do lado do Donny. Ele converteu o passe e eu consegui minha primeira assistência. Nossos torcedores são ótimos. É incrível como eles nos apoiam em campo.”

Niclas Füllkrug (na zona mista): “Vencer fora de casa, principalmente contra adversários que costumam ser desagradáveis de jogar, é um passo na direção certa. O Colônia inventou alguma coisa, dava para perceber, mas marcamos na hora certa e trouxemos qualidade ao campo. Hoje não deixamos nada acontecer, estivemos estáveis como equipe e trabalhamos juntos. Fez o nosso favor marcar logo após a variação padrão. Isso nos permitiu ser mais pacientes na abordagem. Jadon queria marcar o pênalti também, mas no final eu chutei e foi a coisa certa a fazer. Não foi o primeiro pênalti que cometi. Acredite, seu primeiro gol na Bundesliga pelo BVB chegará em breve. Depois de alguns jogos ele tem certeza de marcar.”

Categorias

Ver todas categorias

BVB está certo em manter Terzic na próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

567 pessoas já votaram