Texto por Colaborador: Redação 12/08/2023 - 01:13

O Borussia Dortmund procura outro atacante para aumentar as opções ao lado de Sebastien Haller. Dois atacantes negociados provavelmente não virão para o Dortmund.

O claro número um no centro da tempestade de Dortmund é Sebastien Haller - não há dúvida sobre isso. No entanto, os planejadores do Borussia em torno do diretor esportivo Sebastian Kehl querem se proteger e fortalecer o time com um novo atacante. O técnico Edin Terzic falou abertamente sobre o fato de que eles estavam procurando, especialmente porque Haller ficará ausente do BVB por um longo período de tempo no inverno devido à sua designação planejada para a Copa da África. Os vestfalianos estão, portanto, à procura de um substituto que possa, na melhor das hipóteses, jogar na lateral ao lado do profissional da Costa do Marfim.

O perfil do atacante que o BVB procura tem uma exigência clara: ele deve gostar de ser grande. "Não há muitos jogadores no nosso ataque com mais de 1,80 metros de altura", disse o técnico Edin Terzic. Aliás, o jovem Youssoufa Moukoko também cai de paraquedas, e agora enfrenta um concorrente.

Dois nomes em particular têm circulado recentemente em conexão com o BVB. Mohammed Kudus do Ajax Amsterdam e Hugo Ekitiké, que está sob contrato com o Paris Saint-Germain.

No entanto, como relata o "Ruhr Nachrichten", não há contato entre o vice-campeão e Kudus. Mais recentemente, "SportsworldGhana.com" disse que o jogador do Ajax sonha em vestir a camisa do BVB. Kudus está em contato com Brighton & Hove Albion, que por sua vez emprestou seu atacante Deniz Undav ao VfB Stuttgart na semana passada.

A opção Ekitiké também não parece estar esquentando. Enquanto o "Bild" escreve que o Dortmund deveria ter aquecido o contato com o Ekitiké, o "WAZ" está certo de que o atacante do PSG definitivamente não será transferido para o Dortmund.

Então a busca continua.

 

Via Sport.de

Categorias

Ver todas categorias

BVB deve renovar com Reus para a próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

331 pessoas já votaram