Texto por Colaborador: Redação 20/02/2024 - 00:00

O ex-técnico do BVB, Peter Bosz, prefere não olhar muito para trás antes de enfrentar o Borussia Dortmund na Liga dos Campeões. O treinador do PSV Eindhoven está particularmente ansioso por um jogador.

"Já faz muito tempo. Estou tentando apenas olhar para o duelo", disse o técnico do PSV Eindhoven, líder da liga holandesa, antes do jogo de ida das oitavas de final, nesta terça-feira, no Estádio Philips lotado. “Não há mais muitos profissionais daquela época.”

Mas ele conhece um jogador de Dortmund particularmente bem: "Estou ansioso pelas pessoas que ainda trabalham lá, por Marco Reus, mas especialmente por Julian Brandt - conheço-o de Leverkusen", disse Bosz. "Ele é um jogador muito bom, estou feliz em vê-lo novamente. Espero que ele não jogue contra nós."

Bosz foi dispensado do BVB em 2017, após alguns meses. “Estávamos cinco pontos à frente do Bayern na época, mas depois perdemos uma série de jogos”, disse ele na segunda-feira. O que permanece particularmente memorável, no entanto, é o lendário 4:4 no derby contra o Schalke 04, depois de o Dortmund ter alcançado uma vantagem de 4:0.

"Não adianta olhar para trás - qual é o sentido?", Perguntou Bosz: "Analisamos bem o BVB e queremos vencer o jogo." O ambiente na segunda mão, no dia 13 de março, será "especial", "o que é único na Europa. Mas o Muro Vermelho aqui também pode ser impressionante".

 

Categorias

Ver todas categorias

BVB está certo em manter Terzic na próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

84 pessoas já votaram