Texto por Colaborador: Redação 04/02/2024 - 18:52

O BVB decepcionou em geral com um zero contra o recém-promovido Heidenheim. O ex-jogador nacional Michael Ballack criticou duramente o time auri-negro. Deveria ter havido mais para ele nos 90 minutos, tanto da equipe quanto do técnico Edin Terzic.

No final das contas, o ganho de pontos “não foi suficiente” para o Dortmund, julgou Ballack em sua análise para o “DAZN”. O corajoso recém-chegado do Heidenheim “jogou com mais clareza” e também teve “oportunidades mais claras”, disse o antigo jogador alemão, para quem o resultado foi “completamente bom”.

O ex-meio-campista não escondeu que esperava muito mais do BVB. "O Dortmund não conseguiu criar períodos de pressão. [...] O seu próprio objetivo com esta equipe e com os jogadores que estiveram em campo hoje era criar mais problemas ao Heidenheim. Eles não conseguiram isso", disse Ballack.

O comentarista de TV reconheceu grandes problemas com os Pretos e Amarelos, especialmente no que diz respeito ao futuro. “Tiveram qualidade ofensiva em campo, mas não conseguiram colocar estes jogadores em destaque na preparação para o jogo”, criticou o departamento ofensivo, responsável por dez golos nos últimos três jogos da Bundesliga contra os candidatos ao rebaixamento de Colônia, Darmstadt e Bochum.

O que também incomodou Ballack foi a falta de reação do Dortmund após um primeiro tempo extremamente fraco. Aqui ele viu falhas não só em campo, mas também nos bastidores. “Sinto falta das correções no jogo que têm que vir de todas as partes da equipe e de fora”, exigiu mais da equipe e também do técnico Edin Terzic.

Para o BVB, o empate em 0 a 0 foi o primeiro deslize do novo ano. Os auri-negros venceram todos os três jogos anteriores com uma diferença de gols de 10 a 1 e assim voltaram às vagas de qualificação para a Liga dos Campeões. (sport.de)

 

Categorias

Ver todas categorias

BVB está certo em manter Terzic na próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

84 pessoas já votaram