Texto por Colaborador: Redação 31/10/2023 - 01:45

Pouco antes do reencontro com o seu antigo clube, o FC Bayern, Niklas Süle perdeu o seu lugar regular no BVB. No entanto, o ex-jogador nacional alemão Michael Ballack pode compreender o atual papel do defensor no banco de reservas.

Ballack atuou como comentarista de TV no jogo fora de casa do Borussia Dortmund contra o Eintracht Frankfurt (3:3) no domingo. No microfone “DAZN”, o profissional de 47 anos foi questionado por que o técnico Edin Terzic dificilmente considera o zagueiro Süle para o onze inicial.

“Porque os outros dois são simplesmente melhores neste momento porque se harmonizam”, respondeu Ballack, aludindo à dupla defensiva Mats Hummels/Nico Schlotterbeck.

Ao mesmo tempo, o ex-profissional do Bayern também demonstrou compreensão por quem sofreu. "Por outro lado, Niklas Süle também não está 100 por cento apto. Devido à sua classe, ele é um jogador que pertence à equipe, talvez tenha de pertencer", disse Ballack.

Mesmo assim: “Na defesa central eu entendo o treinador, você quer consistência”.

Ballack vê jogo do BVB com altos e baixos

Entretanto, Ballack não ficou completamente convencido com o desempenho do BVB em Frankfurt, mas elogiou o moral dos convidados, que recuperaram de derrotas por 0-2 e 2-3.

"Foi um grande jogo de futebol. O resultado também é compatível com o desempenho. O Frankfurt teve o melhor desempenho da equipe no primeiro tempo, também as melhores chances, e poderia ter assumido uma vantagem maior", analisou o ex-capitão da DFB.

Ballack continuou: "A ligação do Dortmund pouco antes do intervalo foi muito importante. Na segunda parte, após o resultado de 2-2, o ímpeto mudou mais para o Dortmund".

No final, porém, não foi mais suficiente para uma vitória fora de casa. Os vestfalianos partem para o clássico alemão na noite do próximo sábado, dois pontos atrás do segundo colocado Bayern. (via Sport.de)

 

Categorias

Ver todas categorias

BVB deve renovar com Reus para a próxima temporada?

Sim

Votar

Não

Votar

331 pessoas já votaram