Blog do Breno - Olá! Sejam bem-vindo a mais uma coluna. Nesta coluna de hoje, não podemos falar de outra coisa a não ser a a saída do Aubameyang. O camisa 17, enfim depois de uma longa negociada se foi. O destino é a fria Londres, onde jogará pelo Arsenal. Mas, a sua saída não foi traumática, mas sai pelas portas dos fundos.

Auba, é um dos ídolos do BVB, e isso não podemos negar. Mas, nos últimos dias, pelos fatos e os ocorridos, Auba poderia sair de uma maneira bem melhor. A sua forçação de barra foi nítida. Infelizmente ele não é primeiro e nem será o último a fazer isso. A porta da frente sempre estará aberta para quem quiser sair ou entrar.

Mas, os jogadores em geral, gostam de sair pela porta dos fundos. E Auba, poderia ir pela frente. Por tudo que conquistou dentro do clube, não precisava fazer o que fez. Sua imagem foi arranhada. A sua história não vai ser apagada. Nos últimos tempos entendemos que você levava nas costas o time.

Você ajudou o Borussia junto com os outros e até um certo judas alavancar novamente o nome do clube. Quantos jogos e quantos gols memoráveis fez com a camisa aurinegra. Por isso, que seu nome ficará ali estampado nos muros do clube. Mas, também precisa reconhecer que o clube fez também por você. Não falo que foi ingratidão, mas poderia ter um pouco de respeito.

Talvez essas coisas que os jogadores fazem de querer forçar a barra para sair sejam orquestrada pelos seus agentes. E mostra que os atletas não tem personalidade. E isso vale para Auba. Que fez coisas para poder ficar sem clima e ajudar a sair do clube. Os atletas não vem também o lado do clube, só mostra o egoísmo que são os jogadores de futebol.

Quero que ele seja feliz onde fosse. O clube entendeu que também era hora de vender. Mas, também não poderia vender o seu principal jogador por qualquer preço. O clube claro, quer valorizar os seus jogadores. E o que BVB fez foi o certo. Tentou lucrar o máximo possível com a sua venda, não está errado.   

Por fim, Auba, queremos agradecer por tudo o que fez pelo clube e que você pense melhor no que você fez. Pois, a torcida tem um enorme carinho por você. Nada vai apagar. Mas, as escolhas de como querer sair são do jogador, e que seja feliz. O Borussia vai continuar firme e forte. Porque ninguém é maior que o clube. Amanhã é outro dia e clube vai continuar a sua história.

Por Breno Benedito