Blog do Breno - Olá amigos auri-negros! O meu tema de hoje é sobre as polêmicas que ocorreram tanto aqui no Brasil como no Campeonato alemão. O VAR, Assistente de vídeo, que já é usado na Alemanha. Pergunto: ele ajuda ou pode atrapalhar um jogo? Os resultados de Corinthians e Borussia poderiam ter mudado? E os lances polêmicos antigos? Mudaria alguma coisa?

Desde que o futebol nasceu ele é polemico. A cada gol, jogada, ou uma marcação do arbitro. Quase tudo causa polêmica ou é interpretação. Um pênalti não dado ou dado. Tudo é em questão de segundos, além de toda a pressão para os homens de preto. E o futebol foi evoluindo. Tudo se passou por uma transformação. E o futebol  também.

A tecnologia também se transformou. Hoje temos uma tecnologia muito avançad, e com isso, a pressão para que se use no futebol foi aumentando nos últimos dez anos. O VAR, já é muito utilizado no Vôlei, futebol americano, na NBA e principalmente no tênis. A FIFA, resistiu até onde foi possível, com o argumento que poderia atrapalhar o andamento da partida, mas o futebol, passou a não ser futebol, se tornou um negócio lucrativo.

A pressão externa era enorme. E ai nos últimos anos, ela passou a ser testada e utilizada, primeiramente em jogos importantes, como em finais de torneios, como Copa do mundo e o mundias de clubes. A Alemanha implantou este recurso no torneio nacional. Tudo ocorria normalmente, até que um dia, até que um dia.....

Sim, o VAR, mudou uma decisão. A tecnologia fez algo que poderia ser impessável: uma mudança de decisão. Ocorreu aos 46 mim do primeiro tempo. Sockratis marcou o gol. No primeiro momento, o árbitro viu falta e anulou o lance, entretando, após o VAR ele voltou atrás e marcou o gol. Confusão. Até porque ele tinha apitado antes, o que fez o goleiro ir mais “leve” na bola, ou seja, os reflexos poderiam ter sido outros.

Aqui no Brasil, aos 28 mim do segundo tempo, um gol de mão virou polêmica. O atacante Jô acabou empurrando uma bola, que talvez não entraria, com a mão. No Brasil, se utiliza somente um árbitro de linha, que estava numa posição ERRADA. Mesmo assim, ele poderia ter visto que foi com mão.

O que os dois lances têm em comum? Muita coisa. Não estou falando do Fair Play, até porque o atleta não tem a “obrigação’ de se acusar. E muitos são hipócritas, ele mesmo foi um, mas isso, é outra questão, estou aqui para falar da tecnologia, o VAR é realmente bom? Os dois lances poderiam mudar algo?

Se debateu muito o tema do árbitro de vídeo. Mas, mesmo assim, quem toma as decisões é o árbitro de campo. Ele não pode ser induzido por “outro” mesmo lance, se é que vocês entendem. Sim acabou cinco a zero. Mas ao virar dois, não um poderia ser diferente? Acho que o Var ainda é questionável.

Por Breno Benedito