Blog da Carla - É apenas mais uma manhã tranquila de sábado. Um amanhecer ensolarado com a nuance única de um céu azul. E nesse cenário pacífico vai nosso jovem auri-negro em direção ao barzinho alemão onde semanalmente ele assiste as rodadas da Fußball-Bundesliga. Enquanto senta e lhe é servida uma cerveja, seu cérebro e seu coração discutem, como sempre, calorosamente.

-E aí coração? Já está estressado uma hora dessas? Olha que dia lindo!

-Não começa de gracinhas inteligente, hoje é o dia da tortura semanal.

-Não seja tão dramático! Se pudesse enxergar veria a beleza, a paixão, a garra, a emoção e toda a maravilha que é uma partida de futebol!

-Eu não vejo cérebro, pois faço pior eu sinto. Sou quem sofre e chora a dor desse maluco por essas abelhas!

-Sempre exagerado...

-Sou o órgão dos sentimentos lembra? Não sou frio como você que não tem pena de mim. Por favor, só dessa vez, faz ele levantar e sair desse bar!

-De jeito nenhum! Anime-se! Tenho certeza que hoje virá uma vitória! -disse o cérebro muito empolgado.

-Sei. Já decorei essa ladainha. Escuto a mesma coisa há anos! E veja só! Nas últimas cinco temporadas sempre batemos na trave. Ainda nem consegui me recuperar dos danos pelas palpitações daquela temporada em que quase caímos. Não eu não vou mais acreditar em você cérebro!

-Rapaz se acalme! Coração você precisa parar de ser tão negativo. Onde é que está sua esperança?

-Fala isso porque não é você quem tem ataques cardíacos e fica trabalhando como um louco toda semana! Em vez desse rapaz estar por aí passeando, viajando, saindo com os amigos, dormindo, mas não o maluco resolve se torturar novamente em frente dessa TV.

-Futebol é paixão! Ele está se divertindo!

-Espere o jogo começar cérebro, espere o jogo começar!

-Coração deixe reclamar e aproveite. O Borussia está bem, vai ver como vai bater de felicidade daqui há noventa minutos.

-Duvido! Já disse que não me engana mais! Meu Deus o que fiz para merecer isso? Por que São Pedro foi me colocar justamente no corpo de um fanático por futebol? Eu podia pertencer a um monge budista, um padre, um professor de ioga! Mas não, eu tinha que ser mandado para o corpo desse aqui. Vocês são todos masoquistas!

-Amigo bate com calma aí!

-Calma nada! Toda semana é o mesmo sofrimento: gols, pênaltis, juiz ladrão, roubada de bola do adversário, craque que se machuca, a corrida contra o tempo...

-Mas é justamente aí que está a magia! E ainda tem o canto dessa torcida ! Você não vê a festa, mas sente aí embaixo essa energia.

-Energia uma pinóia! Vamos cérebro dê a ordem para as pernas, faça esse maluco sair desse bar. Ainda faltam cinco minutos para o jogo começar, dá tempo de ir embora. Se ele correr ainda pega o churrasco do Juca.

-Mas nem pensar! Não vamos sair daqui e perder a partida do time do coração para comer churrasco! Além do mais gordura não te faz bem.

-Time do coração? Quero bater em quem inventou essa frase! Eu não quero nem ver esse clube pintado de ouro! Além do mais gordura é menos nociva para mim do que os ataques que esse esporte me causa.

-Meu Deus se acalme! Ô pulmão? Respira aí! Inspira bem forte e expira devagar, pra ver se nosso amigo relaxa.

-Pode deixar senhor cérebro! -respondeu o pulmão animado por poder ajudar -E aí coração? Como é que vai amigo!?

-Amigo? Uma conversa! Sei que você é da gangue "positivista". Segue esse cérebro maluco, todo metido a sabichão, sonhador, positivo, sei bem onde tudo isso vai dar Ok? Quem trabalha dobrado sou eu.

-Mas é melodramático ao extremo! - se queixou o cérebro -Pra não dizer que só trago notícia ruim olha lá! Tá vindo um a bonitona direto pra cá!

-Isso! -exclamou o coração animado - A bonitona! Foco na bonitona! Aproveita e faz ele ir embora daqui!

-Que nada, a moça parece gostar de futebol...

-O que? Mais uma maluca?

-Espere. Está usando vermelho...reconheço esse símbolo...a! Ela é uma belíssima bávara!

-Como é que é? Não! Essa é inimiga! Esquece a bonitona! Saia desse bar enquanto há tempo.

-Mas será um amor de inimigos, impossível, não vê que romântico? Digno dos melhores roteiros de cinema!

-Não quero ir para Hollywood! Só quero paz, sossego, uma rotina tranquila.

-Não seja ranzinza coração. A moça é tão agradável! Eu aqui te arranjando uma namorada e você só reclama.

-Namorada, sei! Depois que eu tiver um piripaque é game over tá? A gente vai pro buraco todos juntos!

-Vai parando com a negatividade aí! Hoje será um dia promissor -respondeu o cérebro convicto que a vitória viria. Mas foram interrompidos quando outro coração vermelho escarlate se aproximou do pobre órgão amarelo e preto.

-E aí bonitão? Vem sempre aqui?

-Ei! Cérebro que palhaçada é essa?! -gritou o coração auri-negro- Afasta esse coração bávaro daqui.

-Comporte- se e seja educado o que a senhorita vai pensar de nós? Com que cara nosso amigo auri-negro vai ficar?

-Com cara de quem já deveria ter saído daqui. Estou avisando ainda dá tempo!

-Não nós não vamos sair ! - insistiu o cérebro ainda mais convicto. -E olha só para você não dizer por aí que sou frio e tudo mais, vou te dar uma boa notícia! A Bundesliga está só comentando! Agora que estamos na terceira rodada! E os clássicos contra o Bayern e o Schalke ainda nem aconteceram!

O coração, ao ouvir aquilo, parou subitamente de bater assustando todos os outros órgãos. Inclusive a coração escarlate que não saía de perto dele demonstrando seu interesse e suas segundas, terceiras, quartas e todas as más intenções possíveis.

-O QUE? COMO É QUE É? 3ª RODADA AINDA?! SOCORRO! ME SALVE! ME TIREM DAQUI! ME TIREM DAQUI! ME TIREM DAQUI!

Por Carla Taissa