A maior média de público entre ligas nacionais do mundo e casa do clube com a maior média de público do mundo, em se tratando de torcida a Alemanha tem uma das culturas de arquibancada mais presentes do mundo. Confira aqui o sempre polêmico debate sobre quais são as maiores torcidas.

Não existem tantas pesquisas assim sobre a maior torcida da Alemanha, tradicionalmente sempre se considerou a do Schalke 04 como a maior, mas há algum tempo sabe-se que o Bayern que este ano tem 1.14 de odds de futebol para se sagrar campeao assumiu o posto. Duas pesquisas recentes de institutos alemães respeitados e outros dados coletados de portais de confiança. Antes disso, vejamos primeiro o levantamento do Sport + Markt amplamente explicado em um excelente segundo o Trivela de 2013. Segundo essa pesquisa as maiores torcidas são:

Clube Número de torcedores Porcentagem
Bayern de Munique 9,3 milhões 24,9%
Borussia Dortmund 5,7 milhões 15,3%
Werder Bremen 3,3 milhões 8,9%
Hamburgo 2,8 milhões 7,5%
Borussia M’gladbach 2,7 milhões 7,2%

Nessa pesquisa se sente claramente a falta da torcida do Schalke. É meio estranho pensar que ela tenha ido de primeira colocada para fora do top 5, mas estes são os dados expostos no texto e na pesquisa. Esse outro gráfico exibe de maneira interessante a distribuição das torcidas pelo país, elencando o percentual de torcedores dos clubes por região da Alemanha:

Mas existem outros dados. Em texto com algumas informações interessantes do blog Sinopse do Futebol temos um ranking um pouco diferente. No texto são mencionadas três diferentes pesquisas, apesar dos dados entre elas não diferirem tanto assim.
A primeira delas é a pesquisa do Instituto de Allensbach, um dos principais institutos de pesquisa da Alemanha, feita no ano de 2012:

Clube Número de torcedores Porcentagem
Bayern de Munique 15,1 milhões 19%
Borussia Dortmund 10,9 milhões 14%
Schalke 04 9,3 milhões 12%
Werder Bremen 6,8 milhões 8%
Hamburgo 6,4 milhões 8%
Borussia M’gladbach 5,2 milhões 6%
Stuttgart 4,9 milhões 6%
Köln 4,6 milhões 6%
Bayer Leverkusen 4,1 milhões 5%
Hannover 96 4 milhões 5%

Outra pesquisa também foi feita em 2012 pelo ISBS, que apesar de não exibir o número bruto, traz o percentual de torcedores:

Clubes Porcentagem
Bayern de Munique 25,1%
Borussia Dortmund 18,6%
Schalke 04 7,0%
Borussia M’gladbach 5,2%
Werder Bremen 4,6%
Stuttgart 4,1%
Hamburgo 3,8%
Herta Berlin 2,8%
Köln 2,8%
Hannover 96 2,7%

No geral, o que podemos ter pelas pesquisas é que as torcidas de Bayern, Dortmund e Schalke são as 3 maiores da Alemanha. É possível observar também que mesmo tendo em algum momento a maior torcida da Alemanha, hoje o Schalke não só está atrás do Bayern, como também foi ultrapassado pelo Borussia Dortmund, seu maior rival. Processo complicado de estagnação, enquanto os adversários continuaram a expandir seu número de adeptos.

Segundo pesquisa realizada pelo instituto Sport + Markt em maio de 2012, o Dortmund é o clube que tem conquistado o maior número de novos seguidores no país. Preferido na Renânia, pela primeira vez o clube apareceu entre os três mais populares em cinco das seis regiões alemãs, algo antes limitado ao Bayern. E a maior ascensão dos aurinegros acontece justamente na antiga Alemanha Oriental, porção do país mais carente de grandes clubes.

A popularidade do Dortmund na Alemanha Oriental é explicada substancialmente pela derrocada dos clubes da antiga república socialista. Desde que seu campeonato nacional foi extinto, em 1990/91, as equipes da região somaram apenas 23 aparições na primeira divisão alemã. E somente quatro clubes foram capazes da façanha: Hansa Rostock (12 aparições), Dynamo Dresden (4), Lokomotiv Leipzig (1) e Energie Cottbus (6) – o último a disputar a elite, em 2008/09.

Longe do topo da Bundesliga, os clubes orientais passaram a perder público nos estádios. Na segunda, Dynamo Dresden e Union Berlim ainda apresentam ótimos números – o clube da capital leva 17 mil torcedores por jogo, com ocupação de 92,7% do estádio, enquanto os saxões levam 24 mil a cada partida. Energie Cottbus, Erzgebirge Aue e Hansa Rostock não são tão atrativos, mas também possuem médias próximas a 10 mil pessoas.

O time que leva mais gente para o estádio é o Red Bull Leipzig, justamente o líder da atual Bundesliga.

Assim, há margens suficientes para que o Borussia ganhe espaço no Leste.
Segundo o diretor de marketing do clube, Carsten Cramer, a simpatia na Alemanha Oriental é explicada também pela origem de alguns ídolos. Principal jogador da seleção do país antes de sua extinção, Mathias Sammer fez carreira em Dortmund e até a temporada passada se mantinha nos bastidores do clube. Já no atual elenco, Marcel Schmelzer, Leonardo Bittencourt e Chris Löwe nasceram na região.

Endspielblog e Trivela