Blog do Cícero - Levando em consideração que contratar técnicos consagrados nunca foi comum para o BVB, nomes como Carlo Ancelloti, Massimiliano Allegri e Simeone acabam só ficando no imaginário de nós aurinegros. Então com a tão desejada saída de Bosz, quem poderia nos salvar?

O candidato favorito da maioria é Julian Nagelsmann, jovem e muito promissor, levou o Hoffenheim a um quarto lugar na Bundesliga na temporada passada. E apesar do desempenho um pouco abaixo na atual temporada, me parece o técnico com mais potencial para assumir o Borussia, devido a sua capacidade de trabalhar com jogadores jovens, e demonstrar um grande potencial como técnico.

Outro nome que rodeia Dortmund desde a saída de Tuchel é Lucien Favre. Muito desejado pela direção aurinegra, só não foi contratado anteriormente por um impasse com o Nice. O considero um treinador superestimado, fora campanhas razoáveis com o Mönchengladbach e agora com o Nice, não me parece capaz o suficiente para conquistar títulos com o BVB.

David Wagner é outro que tem seu nome especulado. Treinador do sub-23 do Borussia Dortmund entre 2011 e 2015, é o nome mais "palpável" dessa lista. Conhece muito bem a casa e pode trazer de volta o DNA aurinegro que se perdeu com a entrada de Bosz. Atualmente é treinador do modesto Huddersfield Town da primeira divisão da Inglaterra.

Ralph Hasenhüttl do Leipzig tem feito ótima campanha desde a temporada passada, e seria uma excelente escolha, mas não vejo que seria fácil sua contratação.

Fica bem claro que a escolha de demitir Thomas Tuchel foi muito equivocada por parte da diretoria. Apesar dos erros e"invenções" em alguns jogos, Tuchel tinha demostrado ser capaz de levar o time a títulos e de manter um estilo ofensivo, muito característico do Dortmund. Não há tantos nomes assim no mercado para assumir nosso time, e Zorc e Watze agora tem que correr contra o tempo para o resolver o problema que eles mesmos causaram.

Por Cícero Gomes /