Blog do Cícero - Com a queda de rendimento do Borussia Dortmund na Bundesliga e a pífia campanha na Champions League, começamos a levantar fatores que estão causando essa baixa de rendimento e oscilação das ultimas temporadas.

Após a chegada do promissor Thomas Tuchel havia-se a esperança que o clube voltasse a conquistar títulos, mas não aconteceu. O aproveitamento de Tuchel foi de um inicio empolgante á uma saída frustrante. Então veio Peter Bosz, tendo no currículo um vice-campeonato de Europa League com o Ajax, e só. Como consequência temos um time apático e sem total personalidade. Jogadores promissores como Weigl e Pulisic se esforçando, mas sem resultado, devido ao fraco desempenho do time como um todo.

Bosz não tem mostrado nada de bom até agora, muito menos tem perfil para tal cargo. Então chegamos ao principal fator para o BVB estar como está: gestão. Joachim Watzke e Michael Zorc têm muita culpa nisso tudo. Contratações equivocadas, brigas internas expostas, declarações exaltando o Bayern e inferiorizando o Borussia. Temos a “muleta” da suposta fraqueza do elenco, mas vemos times pela Alemanha e Europa com elencos do nível do Dortmund, ou até inferiores tendo um melhor desempenho. Caso do Leipzig, Tottenham, ou mesmo o Atlético de Madri na Espanha, que é um grande exemplo, pois tirando Griezmann, que é acima da média, não possui jogadores tão talentosos assim.

Peter Bosz tem feito um trabalho ruim? Sim, mas quem o contratou? Precisamos de gestão, planejamento, confiança. Pois nosso BVB é um clube gigante e tem que acreditar que tem chances de ganhar qualquer campeonato que disputar. Veremos quando os dirigentes terão essa visão, que até agora, só nós apaixonados torcedores temos tido.

Por Cícero Gomes /