Doze gols. Foi isso que fizeram Borussia Dortmund e Legia Varsóvia. Melhor para o time da casa, que mesmo com um time misto goleou por 8 a 4 e seguiu na liderança do Grupo F da Liga dos Campeões 2016/17. Reus retornou aos gramados recuperado de uma lesão na coxa após 184 dias com a braçadeira de capitão e em grande estilo, comandando o Borussia e dando show no duelo com três gols.

O embate ainda bateu três recordes: foi a primeira vez na história da Champions que saíram 5 gols em menos de 25 minutos e também a vez mais rápida em que se fizeram 7 gols no mesmo jogo no torneio: 32 minutos. De quebra, os 12 gols desta terça superaram os 11 dos 8 a 3 do Monaco no La Coruña de 2003 como confronto com mais tentos na competição. 

O time visitante começou surpreendendo. Odjidja-Ofoe foi lançado na direita, ganhou de Bartra e tocou na área para Prijović, que aproveitou marcação ruim e abriu o placar. O Borussia respondeu. Rode tocou para Dembélé, que fez o cruzamento. A bola atravessou a área, e Kagawa cabeceou para o fundo da rede. O segundo veio no minuto seguinte. Em contra-ataque, Kagawa recebeu de Dembélé dentro da área, fugiu da marcação e bateu no contrapé do goleiro. E o terceiro na sequência, após mais um minuto: Reus cobrou falta na área, o goleiro Cierzniak socou na cabeça de Sahin, e a bola morreu no fundo do gol. O Legia diminuiu. Bereszyński foi acionado depois de bela jogada individual de Odjidja-Ofoe na direita e tocou para Prijović, em lance bem parecido com o primeiro gol. E ainda era primeiro tempo quando o Borussia fez mais dois. Dembélé recebeu assistência de Reus na área, deu um lindo corte na marcação e finalizou para fazer o quarto. Posteriormente, em bela jogada coletiva, Kagawa foi acionado na esquerda da grande área e tocou de primeira para Reus completar. O cronômetro ainda marcava 32 minutos! 

No segundo tempo, Dembele recebeu na esquerda e cruzou rasteiro nas costas de Reus fazer o sexto. O Legia respondeu. Em contra-ataque, Radovic disparou pelo campo ofensivo e fez belo lançamento para Kucharczyk, que saiu de frente para Weidenfeller e só tirou do goleiro. Mais Borussia. Pulisic arrancou pela direita e tocou para Schurrle, que parou em boa defesa do goleiro. No rebote, Passlack completa de cabeça. No fim, depois de boa tabela com Rafovic, Nikolics invadiu a área pela direita e só tirou de Weidenfeller. E não acabou por aí: nos acréscimos, Aubameyang recebeu na esquerda, trouxe para o meio e abriu na direita da área para Reus, que concluiu entre as pernas do goleiro.

No dia 7 de setembro, Real e Borussia se enfrentam, em Madri. Com o triunfo de hoje, o Borussia chegou aos 13 pontos, contra 11 do Real Madrid. Um empate na Espanha dá a liderança da chave ao time auri-negro.

BORUSSIA DORMUND 8x4 LÉGIA VARSÓVIA

DORTMUND: Weidenfeller – Rode, Ginter, Bartra (61. Durm), Passlack – Castro, Sahin (70. Aubameyang) – Dembélé (72. Schürrle), Kagawa, Pulisic – Reus.

VARSÓVIA:  Cierzniak – Bereszynski, Czerwinski, Pazdan, Rzezniczak – Kopczynski, Guilherme (55. Jodlowiec) – Kucharczyk, Radovic, Odjidja (75. Nikolić) – Prijovic (69. Wieteska).

Gols: 0:1 Prijovic (10., Odjidja), 1:1 Kagawa (17., Dembélé), 2:1 Kagawa (18., Dembélé), 3:1 Sahin (20., Freistoß Reus), 3:2 Prijovic (24., Odjidja), 4:2 Dembélé (29., Reus), 5:2 Reus (32., Kagawa), 6:2 Reus (52., Dembélé), 6:3 Kucharczyk (57., Radovic), 7:3 Passlack (81., Schürrle), 7:4 Nikolic (83. Radovic), 8:4 Reus (90.+3, Aubameyang)