O Borussia Dortmund está na fase de grupos da Uefa Champions League da próxima temporada. Neste sábado, na última rodada da Bundesliga, a equipe fez um jogo eletrizante contra o Werder Bremen e, com direito a três viradas no total, venceu por 4 a 3, para assegurar o terceiro lugar e a vaga direta. Jogando em casa, no Signal Iduna Park, o BVB dependia apenas de suas forças para ficar entre os três primeiros colocados do Alemão.

A classificação aos grupos só era ameaçada pelo Hoffenheim, que acabou mesmo no quarto lugar, com empate em 0 a 0, também em seus domínios, contra o Augsburg. Além de festejar o terceiro lugar, os torcedores aurinegros que lotaram o estádio viram também um jogaço, com direito a três viradas. O Werder Bremen saiu na frente, levou o 2 a 1, foi buscar o 3 a 2 no segundo tempo, mas dois pênaltis polêmicos, convertidos, acabaram decretando o incrível 4 a 3. O primeiro gol do jogo, aliás, ainda contou com a ajuda da tecnologia. Logo aos sete minutos, Eric Durm travou Garcia, mas a bola sobrou para Zlatko Junuzovic. O goleiro Roman Burki até defendeu com os pés, só que já estava além da linha, como confirmou a câmera que auxilia os árbitros em campo.

Na busca pelo empate, o Dortmund chegou a acertar a trave e reclamar de um pênalti, mas o gol mesmo só saiu aos 31 minutos, com Reus, que recebeu belo passe de Shiji Kagawa e concluiu. A virada, ainda no primeiro tempo, veio aos 41 minutos, com Pierre-Emerick Aubameyang, que anotou seu 30º gol no Alemão, a mesma marca de Robert Lewandowski, que dividiram a artilharia. A única vez que uma dupla tinha marcado tantas vezes em uma temporada da Bundesliga havia sido em 1973/74, com Jupp Heynckes (Borussia Mönchengladbach) e Gerd Muller (Bayern), também com 30 cada.

O segundo tempo seguiu quente e, logo no primeiro minuto, Fin Bartels mandou para as redes após passe de Max Kruse. Já aos 23, foi o próprio atacante quem marcou para o Werder Bremen e fez o terceiro gol que ia mandando o Dortmund para os playoffs da Champions 2017/18. O gol que salvou os auri-negros saiu a 15 minutos do final, quando Reus foi tocado por Serge Gnabry dentro da área. A arbitragem viu pênalti, e o próprio camisa 11 converteu para o 3 a 3. Já os 44, foi Christian Pulisic quem "cavou" uma penalidade, que acabou em gol de Aubameyang.

BORUSSIA DORTMUND 4x3 WERDER BREMEN

DORTMUND: Bürki – Ginter, Sokratis, Bartra – Sahin (72. Castro) – Durm (46. Pulisic), Dembélé (90.+3 Bender), Kagawa, Guerreiro – Aubameyang, Reus.

BREMEN: Wiedwald – Veljkovic, Sané (86. M. Eggestein), Moisander – Delaney – Gebre Selassie (46. Gnabry), Junuzovic, Grillitsch (72. Bargfrede), U. Garcia – Kruse, Bartels Bank: Weidenfeller, Mor – Drobny, Kainz, Pizarro.

Gols: 0:1 Junuzovic (7., U. Garcia), 1:1 Reus (32., Kagawa), 2:1 Aubameyang (42., Dembélé), 2:2 Bartels (46., Kruse), 2:3 Kruse (68., Junuzovic), 3:3 Reus (75., Foulelfmeter, Gnabry an Reus), 4:3 Aubameyang (89., Foulelfmeter, Bargfrede an Pulisic).

Base: ESPN