Coluna do Breno - Olá amigos aurinegros. Hoje vamos falar nesta coluna um pouco sobre o que anda acontecendo com o time. Se era tudo ilusão ou ainda podemos acreditar em algo: qual Borussia vamos ver em campo? Aquele time que começou com tudo ou esse que recente que perde jogos, cede empates, perde o gás? Confesso ainda estar muito confuso com tudo isso.

O começo deu aquela empolgada. Time jogando bem e vencendo, mostrando que poderia jogar de igual para igual. Era líder, e ainda continua, mas não com a vantagem do começo, pois agora os bávaros chegaram. Mas, até então o time estava bem, com volume de jogo e tudo mais. O time não mudou muito do ano passado. Apesar de ter tido um ano de altos e baixos, tem qualidade para fazer mais.

Só que no primeiro grande teste, falhou. Após a derrota para o Tottenham logo na primeira rodada da Liga dos Campeões, já deu para notar que as coisas poderiam ser piores do que já estava. E foi so piorando, piorando. O time não evoluiu. O time está regredindo ao invés de subir. Jogadores jogado ao campo sem compactação, sem um esquema, o time está perdido.

Deu para notar os problemas nesses três últimos jogos. Muitas falhas. Falhas de quem defendia, e ainda defendo, que talvez mesmo tempo a sua culpa, já salvou muito, o goleiro Burki. Mas assim como ele, o time está sem bússola para atacar. Mostramos erros, muitos erros. Além é claro de gols perdidos. Contra o Frankfurt foi o caso de um monte de chances perdidas. E mesmo ganhando não soube “matar” o oponente.

O time anda a flor da pele também e me parece tenso, nervoso em campo. Um dos mais “esquentados’, é justamente Burki, no último jogo no empate conta o Frankfurt, saiu errado em algumas bolas, e se mostrou irritado. O momento do pênalti, talvez seja a mais clara de todas. Saiu como não se não houvesse o a manhã. Como um carro desgovernado. Mostra clara, que não está focado.

Mas não é só ele. Todos estão batendo cabeças. Bosz, perdido ainda no comando do BVB, não encontra um time ideal. Claro, que os desfalques e mudanças e improvisos no time assim como entrosamento vão demorar para colocar o que ele está pensando em sua mente. Mas em suas entrevistas, mostram claramente que também está sem rumo, sem saber o que fazer pra mudar. Ele fala, fala, fala e fala.

Mas não basta só falar bonito, como faz nas entrevistas, é preciso fazer mais. Achar solução, ou senão podemos ter outros vexames nessa temporada, ficar fora de uma Liga dos Campeões do ano que vem.

Qual o Borussia que vamos ver em campo? Ou Borussia vai nos iludir?

Por Breno Benedito