BLOG BORUSSE - Hallo, Borusse! A visita improdutiva que fizemos ao Hertha neste fim de semana pode ser considerada mais como um acidente de percurso do que como a volta da instabilidade das atuações do time. Verdade seja dita, a equipe de Pal Dardai é extremamente sólida jogando em casa, e não por acaso apresenta o melhor desempenho como mandante na Bundesliga 16/17.

Não é de hoje que o Hertha joga no contra-ataque contra o BVB, sempre com uma organização defensiva exemplar e uma alta taxa de conversão de chutes em gols. Kalou mais uma vez deixou sua marca e Plattenhardt fechou o placar com um canhão indefensável numa cobrança de falta. Do nosso lado, Ginter cedeu o primeiro gol aos berlinenses após um erro de domínio de bola inaceitável, além de cometer a falta que resultou no segundo gol adversário, uma performance simplesmente horrorosa! A boa surpresa veio por conta de Kagawa (sim, ele mesmo!), que conseguiu encaixar uma atuação como há tempos não víamos. Infelizmente, o bom futebol aurinegroapresentado durante o segundo tempo não foi convertido em gols e acabamos seguindo o velho clichê “Quem não faz, leva.”

Por outro lado, o que tiramos de positivo é a solidez tática que o time vem apresentando, adaptando-se cada vez mais à linha de três zagueiros. Sabemos o quanto Tuchel testou mudanças na escalação e na formação, muitas vezes para a irritação da torcida (e ponha irritação nisso!), mas ele parece ter finalmente conseguido atingir um padrão de jogo definido e no qual conseguimos defender bem e criar diversas oportunidades de gol. Tivemos quatro clean sheets nos últimos seis jogos, fato inacreditável há um tempo atrás. A boa fase é real e a vitória contra o Lotte só vem confirmar isso, além de instigar ainda mais o nosso elenco a buscar mais uma vitória em casa antes da data FIFA.

O Ingolstadt que se segure, pois Auba vem com fome de gol!

HEJA BVB!