Südtribüne BLOG  - Mais um jogo de champions na temporada, mais uma derrota por 3x1, dessa vez para o Real Madrid em casa. Este resultado complica muito a situação do time dentro da competição, pois com a vitória, já esperada, dos Spurs pra cima do Apoel ficamos a seis pontos dos dois primeiros colocados faltando apenas quatro rodadas para o fim da fase de grupos. Era claro que teríamos dificuldades em grupo tão forte e equilibrado, não podemos nos abater agora e só podemos pensar em uma vitória no Chipre sobre o Apoel.

O jogo teve um ritmo intenso na maior parte do tempo, como já era esperado, o Borussia tentava chegar e encontrava algumas dificuldades, principalmente porque suas melhores jogadas eram criadas pelos lados para chegar até Aubamenyang, este, não entendeu que não estava jogando contra o Gladbach ou Hamburger e demorava na hora de tomar suas decisões e a jogada morria. Aos 13 minutos um lance que foi capital, lançamento para Yarmolenko na ponta direita ele perde um pouco o tempo da jogada e abre bem pelo lado, ainda assim consegue o cruzamento que cai na segunda trave, Phillip finaliza Navas faz boa defesa e Sergio Ramos tira com o braço, toque involuntário é verdade, mas pelas regras atuais foi penâlti, poucos minutos depois sai o primeiro gol do Real Madrid com Gareth Bale em uma jogada que durante todo o jogo foi um ponto muito fraco do Borussia Dortmund muito bem explorado pelo adversário: bolas longas defensivas. O Borussia marcava alto mas não conseguia conter as enfiadas de bolas Madridistas, era lançamento nas costas da defesa o tempo inteiro, e com os ótimos passadores que o Real tem esses passes chegavam com qualidade a frente, sofremos muito com isso durante todo o jogo.

No segundo tempo com nove minutos o cenário já mostrava 2x1 para o Real Madrid, Cristiano ampliou para o Real e Aubameyang finalmente acordado diminuiu para o Dortmund. O time buscou, tentou algumas jogadas mas com pouco sucesso na criação, faltava uma peça, algum bom lance executado com eficiência para encarar a grande defesa do Real Madrid. O esquema foi mudado, entraram Weigl e Dahoud no lugar de Sahin e Toljan e o time passou a atuar em um 3-5- 2 com Pisczek como zagueiro, fato esse que ocasionou uma situação que já aconteceu até em outras temporadas quando o Borussia jogava assim, faltava cobertura nas laterais principalmente em cruzamentos e contra-ataques.

A arbitragem teve mais um erro, Bale simula clamorosamente um pênalti e não recebe o cartão amarelo, pois já tinha um e seria expulso então o arbitro não quis se complicar. Bosz resolveu colocar então Pulisic para buscar o empate, mas logo em outro lançamento de Modric, Cristiano marca o terceiro do Real e mata o jogo. Próximo jogo só devemos pensar em vitória de qualquer maneira, e torcer para que as combinações de resultados aconteça porque hoje, a vaga para as oitavas de final está bem complicado.

Seguimos juntos. Echte Liebe!

Por Gabriel Mafra / Contato: Twitter @GabrielMafr4