O Borussia Dortmund segue sua maré de apresentações de futebol grotesto e não consegue definitivamente reencontrar-se com os bons resultados, depois de uma excelente arrancada na temporada. Desta vez foi contra o Leverkusen, neste sábado, pela 14° rodada, na Bay Arena, em um empate em 1 a 1. Definitivamente está cada vez mais difícil ficar em frente a televisão assistir ao time de Peter Bosz: um show de balão, de desorganização, de falta de criativdade, de tudo.

Volland fez o primeiro da partida, a colocar os farmacêuticos em vantagem, Yarmolenko conseguiu a igualdade numa partida em que o Dortmund jogou mais de uma etapa inteira contra dez devido à expulsão de Wendell no final do primeiro tempo. Este empate deixa o Dortmund apenas no sexto lugar da Bundesliga, com 22 pontos.

Na próxima rodada, no dia 9, num sábado, o Borussia Dortmund recebe o Werder Bremen, no Westfalenstadion, às 12h30 (Brasília).

BAYER LEVERKUSEN 1x1 BORUSSIA DORTMUND

LEVERKUSEN: Leno – Tah, S. Bender, Wendell – Henrichs (46. Retsos), L. Bender, Aranguiz (62. Baumgartlinger), Bailey – Havertz, Volland (78. Bellarabi), Brandt.

DORTMUND: Bürki – Sokratis, Subotic, Schmelzer – Castro (44. Kagawa), Weigl (65. Dahoud), Sahin, Guerreiro – Yarmolenko, Philipp (8. Schürrle), Pulisic.

Gols: 1:0 Volland (30., Havertz), 1:1 Yarmolenko (73., Schürrle)