A crise não tem data para acabar no Borussia Dortmund. A equipe visitou o Stuttgart na Mercedes-Benz-Arena e perdeu por 2 a 1, nesta sexta-feira, pela abertura da 12ª rodada do Campeonato Alemão. Chadrac Akolo aproveitou-se de falha bisonha do zagueiro Marc Bartra, ex-Barcelona, para abrir o placar. Maximilian Philipp até empatou, mas os mandantes confirmaram o triunfo com Josip Brekalo.

Para a partida, o técnico Peter Bosz não contou com dois dos principais nomes do elenco aurinegro. Pierre-Emerick Aubameyang foi afastado da partida por ter se atrasado 40 minutos em treino, enquanto que Christian Pulisic sentiu um problema muscular e virou desfalque de última hora.

Com a bola rolando, os mandantes saíram em vantagem logo com 5min, graças a um vacilo da defesa adversária. Sozinho, Bartra recuou para Bürki, mas não percebeu a movimentação do goleiro. Dessa forma, seu passe saiu muito forte, o arqueiro não conseguiu dominar apropriadamente e viu Akolo aproveitar para fazer o gol. O Dortmund foi para cima e teve um setor ofensivo criativo, mas não conseguia marcar, parecendo que o placar se manteria até o intervalo. Nos acréscimos, porém, Pavard usou o braço para interceptar passe de Götze na área, e o árbitro Frank Willenborg marcou o pênalti. Schürrle parou no goleiro Zieler na cobrança, mas Philipp aproveitou o rebote e estufou a rede.

Na volta para o segundo tempo, o Stuttgart marcaria cedo novamente. Em excelente contra-ataque, Brekalo - que entrou no intervalo na vaga de Akolo – recebeu de Özcan, invadiu a área, fugiu da marcação e concluiu entre as pernas de Bürki, definindo o placar. Yarmolenko ainda faria de cobertura o gol que empataria o duelo, mas ele dominou no braço, e o lance acabou corretamente anulado. 

O placar encerra o jejum dos suábios diante do adversário: eram 13 jogos sem vitória (oito derrotas e cinco empates). O último triunfo havia sido em 31 de janeiro de 2010, quando golearam por 4 a 1. Do outro lado, o time aurinegro chega a cinco jogos sem vencer na Bundesliga pela primeira vez desde o intervalo entre dezembro de 2014 e fevereiro de 2015. Atualmente, são quatro reveses e uma igualdade nos últimos cinco compromissos pela competição.

Com o resultado o BVB para nos 20 pontos e ainda pode perder a terceira posição, com chances de cair até para sétimo ao final da jornada. De quebra, também pode ver o líder Bayern de Munique (26) e o vice-líder RB Leipzig (22) aumentarem a vantagem.

Pela próxima rodada o Borussia fará clássico contra o Schalke 04, em casa, às 12h30. Antes, na terça-feira, o time receberá o Tottenham no Signal Iduna Park, às 17h45, pela Uefa Champions League, competição na qual está muito perto da eliminação.

STUTTGART 2x1 BORUSSIA DORTMUND

STUTTGART: Zieler – Pavard, Badstuber, Baumgartl – Beck, Ascacibar, Gentner, Insua – Akolo (46. Brekalo), Ginczek (45.+1 Asano), Özcan (85. Aogo).

DORTMUND: Bürki – Toljan, Sokratis (46. Zagadou), Bartra, Schmelzer – Weigl – Götze, Kagawa (63. Dahoud) – Yarmolenko, Schürrle (83. Guerreiro), Philipp.

Gols: 1:0 Akolo (5.), 1:1 Philipp (45.+3, Elfmeter-Nachschuss, Schürrle), 2:1 Brekalo (51., Özcan)

Base: ESPN