O Borussia Dortmund impôs uma multa monetária a Ousmane Dembele, que havia sido suspenso por estar ausente sem justificação para um treino, em meio a rumores que colocam o jogador no Barcelona.

Depois do diretor esportivo Michael Zorc, noticiar quinta-feira a decisão do clube de suspender ao jogador de 20 anos de idade francês, o CEO de Dortmund, Hans-Joachim Watzke, também anunciou consequências.

"Naturalmente que penalizamos este comportamento", disse ele em declarações publicadas nesta sexta-feira pelo 'Grupo Funke'.

O jornal alemão Bild relatou uma "penalização financeira significativa", e os dados do diário afirmam ser "um valor de seis dígitos".

O Dortmund suspendeu na quinta-feira Dembélé após a não presença no treinamento da manhã em meio a rumores de sua possível transferência para o Barcelona.

O jogador está suspenso até depois do jogo que o clube alemão faz neste sábado contra o Rielasingen-Arlen na primeira rodada da Copa da Alemanha.

O Dortmund confirmou quinta-feira ter mantido contato com o clube catalão e ter rejeitado a primeira oferta. "A questão não está encerrada até o final do período de transferências", disse Watzke.