O treinador do Borussia Dortmund, Peter Bosz, tem certeza de que o recorde de 222 milhões de euros pago pelo Paris St. Germain por Neymar será superado em um futuro próximo.

“Acredito que vamos viver para ver que um jogador em uma única transação seja adquirido por bilhões”, disse o técnico ao Bild. “Quando o primeiro milhão havia sido pago por um jogador pela primeira vez, todos estavam pensando: Bondade, um milhão para um jogador. Agora é 222 milhões”, continuou.

Em geral, ele enxerga os astronômicos valores de transferências “quase como normal”, mas observa: “Há também jogadores que agora mudaram para 60, 70 milhões que já custaram seis ou sete milhões. Em relação a Messi, Ronaldo e Neymar, estes são top, top, top, a plataforma superior. E o dinheiro retorna com a venda de camisas, praticamente. Mas para muitos outros não é assim”.

Por Cristian Hall