BLOG DO BRENO - Olá, seja bem-vindo a mais uma coluna. Dando sequencia a análise do elenco da temporada 2016/17, agora vou falar sobre o meio de campo, setor onde o BVB é criativo e tem boas peças. Na minha primeira coluna escrevi sobre os defensores. Talvez eu tenha falado algumas bobagens, mas cada um têm sua opinião. Ninguém é dono da verdade e aqui apenas exponho as minhas idéias sobre o Borussia Dortmund.

Bom vamos falar agora sobre os meiosocampitas. Vou tentar não ser tão polemico. Como falei em outro post, quem mostrou muita versatilidade foi Guerreiro. Na minha visão, foi ao lado de Dembélé, que chegaram no começo do ano, foram os que mais surpreenderam, é o motorzinho do time. Weigl oscilou muito essa temporada, mas, é jovem e com muito talento.

Com o time tendo altos e baixos são poucos jogadores que fizeram um bom ano. Colocaria tudo na mesma barca os volantes Rode, Sahin, Castro, Bender, Merino. Ninguém teve um destaque. Todos oscilaram durante o ano, não teve ninguém tão superior. Então por isso, o meu resumo dos volantes ficará assim.

Os criadores de jogadas, os meias. Gotze, não foi uma decepção. Não da para avaliar com profundidade, pois sua doença o impediu. Foi muito triste, então ele ficará de fora. Pulisic, jovem, mas foi muito bem. Quando entrou deu outra cara ao time com sua velocidade e conclusão. Dembélé. É sem duvida a melhor contratação do time na temporada. Muito importante em momentos crucias com ótimos números em gols e assistências.

Por fim, Reus e Kagawa. O nosso camisa 11 teve muitas lesões o que impediu de ter uma sequencia. Mas, é o cara que desequilibra a partida. Joga muito, mas participou pouco da atual temporada mais uam vez. O japonês se não foi o mesmo, essa volta ao time foi positiva. Se defensivamente não e seu forte, em vários jogos a sua qualidade técnica foi importante.